facebook  twitter  linkedin

Qualidade do Ar Interior

Os problemas de qualidade do ar interior geralmente são detectados na sequência de queixas apresentadas pelos ocupantes de edifícios fechados, os quais podem estar aclimatados ou não artificialmente, estas queixas ou sintomas são na maioria das situações, indicadores de um ar ambiente ameaçador à saúde humana.

Os edifícios, aclimatados artificialmente, projectados para oferecer o máximo de conforto aos seus ocupantes, podem promover um ambiente de risco à saúde humana.

Vários estudos têm atribuído à má qualidade do ar interior a incidência de relatos de queixas entre os ocupantes desses locais, relativas à saúde e ao desconforto ambiental, como também, elevado número de absentismo, temperamento alterado, insatisfação e baixo rendimento no trabalho.

O trabalho do risk lab:

  • Efectuamos a identificação dos contaminantes a avaliar;
  • Efetuamos as avaliações dos locais, recolhemos amostras físicas, químicas e microbiológicas;
  • Efetuamos o respetivo relatório;
  • Comparamos os valores obtidos com os da legislação e normas em vigor;
  • Efetuamos recomendações face aos resultados obtidos.

Que poluentes podemos encontrar:

De acordo com o objetivo da avaliação da qualidade do ar no interior de um edifício e face ao uso dado ao edificio, a sua taxa de ocupação e eventuais fontes de contaminação inetriores existentes, os poluentes a avaliar poderão ser os seguintes ou parte deles: partículas em suspensão,  compostos orgânicos voláteis (COV), formaldeído, ozono, o monóxido de carbono (CO), bactérias e fungos, legionella, rádon e dióxido de carbono (CO2) embora este último não seja considerado um poluente.

Referências legais e Normativas:

Decreto-Lei n.º 79/2006, de 4 de Abril – Regulamento dos Sistemas Energéticos de Climatização em Edifícios (RSECE) no âmbito do Sistema Nacional de Certificação Energética e da Qualidade do Ar Interior nos Edifícios (SCE)Portaria n.º 53/71, de 3 de Fevereiro – Regulamento Geral de Segurança e Higiene no Trabalho nos Estabelecimentos Industriais;

Decreto-Lei n.º 118/2013, de 20 de Agosto e Portaria n.º 352-A/2013, de 4 de Dezembro - estabelece os limiares de proteção e as condições de referência para os poluentes do ar interior dos edifícios.;

 


Data da última revisão : Abril 2014

.
risk lab, Lda.
Edifício IEMinho
Rua do Conhecimento, nº10
4730-575 - Soutelo - Vila Verde
 
Tel: 253673212
Fax: 253320050
Tlm: 968253412
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
 
Free business joomla templates

Distributed by SiteGround